17 anos, 17 fotografias

Era uma noite de verão. O céu estava limpo ou eu pelo menos lembro-me dele assim. A temperatura estava amena. Atrevo-me a dizer que estava uma excelente noite de final de Agosto. Estavamos em Viana do Castelo, margem sul do rio Lima. 26 de Agosto de 1995.

Foi nesse dia que os nossos lábios se tocaram pela primeira vez. Naquele dia, naquele momento, naquele lugar, a minha vida mudou. Não o sabia na altura.

As minhas memórias desse dia são ainda frescas. Lembro-me como fizeste a viagem Braga – Viana. Lembro-me como fizeste o regresso. Lembro-me de mim e de ti. Não me lembro de muito mais. Frescas, portanto.

Lembro-me de milhares de episódios ao longo destes anos:

  • Aquele dia em Janeiro de 1996 que decidiste fazer-me uma visita. Apanhar um comboio pela manhã em Viana e chegar no último comboio que passava por Beja. Sem telemóveis ou outro meio de comunicação, não sabia onde andavas. Sabemos como me encontraste.
  • As duas calças de ganga rasgadas quando sozinha consegues enviar duas pessoas ao chão só porque não te aguentas de pé. Foi no dia em que aprendeste que não se deve misturar sangria com rum num jarro só.
  • Dia de Natal. Ainda solteiros. Chegas a minha casa cabisbaixa. Tinhas batido com o meu carro num portão.
  • O dia em que chego a tua casa – à casa dos teus pais para ser exacto – e tens um curativo no cara. “Rais-parta” o cão.
  • O dia em que decidimos que era agora. E o teu pai a obrigar-me a pedir a tua mão de forma formal. E o almoço em família. E eu a pedir o corpo todo, porque apenas a mão não dá muito jeito.
  • Os dias antes do dia D. O teu stress. A tua ansiedade. O dia D. E a festa. O teu vestido. A tua felicidade.
  • O dia em Dezembro de 2004 em que eu estava numa reunião. Ligaste-me duas vezes. Das duas vezes te rejeitei a chamada. Enviaste-me um SMS: “Estou grávida!”. Saí da reunião em pulgas e liguei-te.
  • O nascimento do Hugo. Era para ser a 18. Tinha uma apresentação importante e não pude ir logo contigo mas fazia tensão de me juntar a ti antes do almoço. Nasceu a 20 e estive contigo todo o dia.
  • O nascimento da Helena. O Hugo connosco. A festa a 4.
  • Os aniversários dos meninos. O 1º e os restantes. Todos eles.
  • A noite de Natal que passamos no Hospital por causa do Hugo.

Podia não sair daqui…

Ao longo deste tempo todo passamos muitos e bons tempos juntos. Acredito que te tenha feito ganhar alguns cabelos brancos que tens sabido disfarçar com as idas ao cabeleireiro e sempre, quase sempre, sem reclamar.

Felizmente ao longo do anos temos sabido – tens sabido!!! – registar para a posteridade os anos que passam.
Obrigado pelo teu amor. Obrigado pelo teu carinho. Obrigado pelo sorriso lindo pela manhã. E pela tarde. E pela noite. Obrigado por seres quem és. Obrigado por tudo. Simplesmente obrigado.

A selecção de fotos que se seguem não foi fácil. Tens milhares – literalmente – de fotografias que podem ser seleccionadas.

Parabéns por me fazeres o favor de me aturar. Por seres a minha confidente e o meu suporte. Por seres quem és. Por me teres dado dois filhos lindos. Por me aturares todos os dias. Parabéns!

Eu? Eu sou feliz!

2000/03/06 – Carnaval. Sabemos que andaste assim na rua.
2000/08/29 – O dia em que me deixaste e foste para a Madeira dar aulas.
2001/07/21 – Mais um belo dia de trabalho naquela que ia ser o nosso primeiro ninho.
2001/12/06 – A lua-de-mel em Paris. O sonho tornado realidade
2002/05/30 – Sopas de vinho?
2002/08/04 – Um momento pensativo. “No que estava a pensar quando me casei
2003/05/28 – As tuas famosas auto-fotografias
2004/07/29 – Uns dias antes saímos de Braga sem destino definido. Só parámos em Barcelona
2005/07/17 – O Hugo estava a três dias de se juntar a nós
2006/11/04 – Os anos da minha irmã
2007/08/02 – E agora faltavam 4 dias para a Helena se juntar à família
2008/08/06 – O primeiro aniversário da Helena, no Hotel em Palma de Maiorca. Suponho que não tenha gostado do bolo.
2009/03/12 – Uma das primeiras fotos tiradas pelo Hugo, com pouco mais de 3 anos.
2009/12/01 – 8 anos de casamento
2010/09/04 – No casamento do teu primo e dias antes de mudarmos para a casa dos nossos sonhos.
2011/07/21 – As merecidas férias em 2011
2012/07/21 – A boa disposição sempre presente, mesmo depois de um dia em cheio a organizar a festa dos 7 anos do Hugo.

 

3 Replies to “17 anos, 17 fotografias”

  1. Raquel Soares says:

    Mas quem disse que já não há cartas de amor???!!!!!
    Fiquei com uma lágrima no canto do olho!
    Adorei esta declaração de AMOR! Beijinhos e continuem sempre a ser FELIZES!

  2. Sofia Almeida says:

    Parabéns Filipa, linda esta declaração de amor….façam o favor de serem felizes!
    beijos para os quatro

  3. Raquel Soares says:

    Reli esta Declaração de Amor e, mais uma vez, fiquei com a lágrimita no canto do olho! 🙂 Lindo!
    Vocês são LINDOSSSSSSSSSS!
    Continuem a ser FELIZES…………

Comentários fechados.