Inesquecível, mas não irrepetível

Em 2003, após uma final europeia José Mourinho dizia que aquela final contra o Celtic seria inesquecível mas não irrepetível.

Pois bem, 8 anos depois, vamos para a nossa segunda-final europeia após essas palavras, a nossa terceira em menos de 10 anos.

Aconteça o que acontecer, ganhemos ou percamos, a verdade é que o melhor clube português, continua a dar-me, anos após ano, alegrias imensas. Contra a inveja, contra a mal-discência de alguns iluminados e da comunicação social que os suporta.

Para ouvir, bem alto:


vídeo retirado do excelente mística do dragão