Diga lá outra vez

O nosso caro presidente (mesmo assim, propositadamente com minúsculas) disse um destes dias que previu tudo aquilo que hoje está a acontecer em Portugal.

Como não acredito que seja masoquista ou que goste de ver o povo sofrer só posso concluir que foi conivente com aqueles que nos governam e, pior que isso, nada fez para melhorar a situação…

“Ah, e tal e coiso, ele não tinha grande poder para impor a sua vontade…”

Desculpem o termo mas respondo: bullshit!

Cavaco não só foi conivente com o actual estado de coisas como pactuou e, mesmo que apenas por omissão, foi interveniente directo no agravar da nossa situação económica.

Não pode vir dizer, enquanto presidente (mesmo assim, em minúsculas) que já sabia o que ía acontecer a este país e não ter feito nada para o alterar.

Cavaco não é (ou não foi) um presidente (mesmo assim, em minúsculas) activo e interventivo.

Quem não se lembra de diversos episódios durante o seu mandato que mais não foram do que baixar de calças (e colocar-se de cócoras) do, agora candidato, Sr. presidente (mesmo assim, em minúsculas)?

Exemplos? Não faltam:

  • Quem interrompeu as férias natalícias de 2008, convocou os jornalistas de urgência para se queixar do novo estatuto dos Açores? Pior que isso, quem o promulgou o mesmo discordando do seu conteúdo? Falta de tomates Sr. Aníbal?
  • Quem aceitou promulgar a lei de interrupção voluntária de gravidez mesmo sem ter havido um referendo vinculativo e tendo uma posição pessoal contrária à vontade do governo? Falta de tomates Sr. Aníbal?
  • Quem aceitou empossar um governo minoritário sem ter garantido a devida estabilidade política com concessões à direita ou à esquerda? Falta de tomates para dizer não, Sr. Aníbal?

Cavaco terá sido provavelmento o pior presidente (assim mesmo, com minúsculas) que terei tido a infelicidade de ver neste país.

Por muito menos vi, nestes últimos 5 anos Manuel Alegre a fazer frente a Sócrates e sus muchachos.

Sr Aníbal, tenho-lhe a dizer que, em Janeiro perde dois votos em relação a 2005. O meu, que votou em si e o meu que vai votar noutro candidato (ou nulo enquanto não houver um quadrado para votar em branco).

1 Comment

  1. […] tinha dito aqui em Dezembro de 2010 e reitero agora de forma absolutamente convincente: Cavaco Silva é o pior […]

Comentários fechados.