O Comando é Meo [II]

Há quase um mês tive um problema com o Meo.

Quatro dias sem televisão, incluindo um fim-de-semana, e vários telefonemas para um número de valor acrescentado fizeram-me saltar a tampa.

Depois do problema resolvido, foi a minha vez de reclamar. Enviei um email para todos os contactos que arranjei da PT, uma vez que fico sem saber se me devo dirigir ao apoio Meo ou ao apoio Sapo. Inclui também o quase desconhecido provedor da PT como destino do email.

Sem grandes esperanças, relatei no email toda a sequência dos acontecimentos e terminei exigindo que os 4 dias me fossem devidamente descontados assim como todos os custos que tinha tido com as chamadas para o 707 20 30 30.

Surpresa, surpresa, chegou-me sexta-feira a resposta por snail-mail.
Retiraram-me da factura total de Dezembro cerca de 20% do valor mensal, o que diga-se foi bastante melhor do que estava à espera.

Fica então aqui registado o excelente comportamento da PT na minimização dos impactos provocados pela falha.

E para que não digam que apenas nos sabermos queixar quando algo corre mal, aqui fica o meu voto de agradável satisfação por esta tomada de posição.

4 Replies to “O Comando é Meo [II]”

  1. Tu também sabes que estes posts chegam onde devem, não sabes? 🙂

    (Estes e os outros)

  2. Tu também sabes que estes posts chegam onde devem, não sabes? 🙂

    (Estes e os outros)

  3. Sabes Jonas, uma das coisas que eu mais detesto naquilo que é típico dos portugueses é a sua eterna capacidade de nunca dizer bem…

    Para reclamar e deitar abaixo e desvalorizar aquilo que fazemos, somos campeões mundiais.

    Para fazer um pequeno elogio, parece que nos sai dinheiro da conta bancária…

    E sim, imagino que estes posts cheguem a quem de direito. É também por isso que os escrevo.

    Um abraço,

  4. Sabes Jonas, uma das coisas que eu mais detesto naquilo que é típico dos portugueses é a sua eterna capacidade de nunca dizer bem…

    Para reclamar e deitar abaixo e desvalorizar aquilo que fazemos, somos campeões mundiais.

    Para fazer um pequeno elogio, parece que nos sai dinheiro da conta bancária…

    E sim, imagino que estes posts cheguem a quem de direito. É também por isso que os escrevo.

    Um abraço,

Comentários fechados.