drm, família, internet, meo, microsoft, tecnologia, televisão

O meu Meo – 4 meses depois

Foi há quase 4 meses que mudei da Netcabo (agora Zon) para o Meo.

Foi ainda antes da massificação da publicidade pelos Gato Fedorento.

Quatro meses passaram e depois da minha primeira análise, chegou o momento de fazer novo balanço.

Tal como há quatro meses, o serviço continua impecavél e sem falhas.

Para além das vantagens e desvantagens que já enumerei na minha análise anterior, vou-me agora focar apenas no que de novo tenho a acrescentar ao que avaliei há quatro meses.

Vantagens:

  • A possibilidade de gravar um qualquer programa desde o início desde que a MeoBox tenha estado nesse canal desde esse momento. Querem um exemplo? Hoje, depois do telejornal da RTP, começou um documentário sobre o Rui Costa, ex-jogador da equipa das galinhas. Apanhei-o praticamente no fim… Como não mudei de canal entre o final do telejornal e o documentário, bastou-me carregar numa teclaREC – e ficar com todo o documentário gravado. Ficará em disco ver quando tiver tempo;
  • ver National Geographic HD é uma experiência no mínimo diferente. Anuncia-se para breve (25 de Maio) o início da emissão do Eurosport em HD. Também o Euro 2008 será transmitido em HD na TVI e, diz-se, na SportTV;
  • Ver canais premium em todas as MeoBox da casa. Ao contrário da Zon, não precisamos de várias assinaturas ou de andar a passear o material de divisão em divisão, para ver canais premium em mais de uma televisão;
  • A assinatura de canais premium é feita automaticamente e no minuto. Depois de 30 dias continuados, o cancelamento dos mesmos canais premium é também realizada no minuto, com a vantagem óbvia de pagar apenas até ao dia que usou o serviço. Na Zon, era obrigatório só desistir do serviço no úlitmo dia do mês e desde que tivesse feito o pré-aviso antes do dia 15;
  • Já tinha salientado antes, mas a facilidade com que se prepara a gravação de um série é simplesmente deliciosa. 3 clicks no comando e o aparelho passa a gravar todas as ocorrências daquela série em qualquer horário;
  • Fiabilidade técnica, até ao momento a 100%. Na verdade, até hoje, e em 4 meses, nunca fiquei sem serviço de televisão, de Internet ou telefone. Pudesse eu dizer o mesmo da Netcabo;
  • Porta VOIP no router 2-wire. Funciona na perfeição. Elimina-se assim a limitação estupida da PT que coloca um telefone em casa com chamadas gratuítas apenas para a própria rede. Update: Parece que fui contemplado com o fim do serviço, com um bloqueio por parte da PT no router 2-wire. Lá vou eu ter que comprar um Router VOIP Linksys SPA3201;
  • A velocidade da Internet. Aparentemente estou sincronizado a 12 Mb. Se pensarmos que 2 canais activos ocupam qualquer coisa como 6 a 8 Mb, fico com uma largura de banda disponível para a internet algo limitida. Pura mentira: nunca em mais de 6 anos de serviço de TVCabo tive um serviço tão rápido e estável. E teoricamente, na TVCabo a velocidade contractada para Internet eram 30Mb. “Há coisas fantásticas, não há?”

A verdade é que desde que há quatro meses escrevi sobre o Meo, a PT também introduziu uma série de alterações que tornam o serviço menos atractivo.

Desvantagens:

  • A liberdade de escolher 10 canais em toda a oferta foi substituida pelo novo conceito de bucket, ou conjunto de canais. Passamos agora a poder escolher 2 buckets diferentes gratuitamente, independentemente dos canais que contém ou da quantidade do bucket. Em vez da escolha individual é agora imposto um conjunto que pode não interessar;
  • O preço dos canais individuais subiu de 0.49€ para 0.75€. 50% de aumento é dose, mesmo para um serviço inovador;
  • A existência de DRM nas gravações do MeoBox. Impossibilita o acesso livre às gravações seja através do PC seja através de outro meio qualquer. Não consigo perceber esta limitação negocial e que poderia dar um avanço qualitativo à PT dificil de alcançar pela Zon;
  • A impossibilidade de ver gravações se não tiver Internet. A MeoBox, valida as chaves criptográficas mesmo das gravações legítimas. Resultado, se não tiver ligação à PT simplesmente fico sem TV, Internet e telefone;
  • A impossibilidade de aceder às gravações a partir da segunda MeoBox. Mais uma vez esta é uma decisão que apenas cabe à PT;
  • A impossibilidade de usar as portas USB ou aceder a outros conteúdos fora das MeoBox. Tecnicamente, a Microsoft fez um bom trabalho, mas a PT insiste em usar apenas um sub-conjunto das funcionalidades permitidas pelo sistema. Ver filmes ou fotos do PC são, no Meo, uma miragem;
  • O preço do produto ao fim do ano da promoção. Acho que em Janeiro desistirei do contracto e a Filipa assinará um novo;
  • A indisponibilidade do canal premium Disney;
  • Por fim, não sendo propriamente uma desvantagem, mas sim o culminar de um desejo pessoal, gostaria que fosse possível programar as nossas gravações em qualquer parte do mundo, tal como o Tivo faz no US.

Artigos relacionados:
Análise ao meu Meo

Standard

13 thoughts on “O meu Meo – 4 meses depois

  1. Pegasus says:

    A meobox tem saída para cabo coaxial? O objectivo é distribuir o sinal por toda a casa (claro que só dá um canal…)

    Cumprimentos

  2. Pegasus says:

    A meobox tem saída para cabo coaxial? O objectivo é distribuir o sinal por toda a casa (claro que só dá um canal…)

    Cumprimentos

  3. Salvador says:

    Em minha casa tenho apenas uma MeoBox, no entanto consigo distribuir o canal por todas a TV’s… Como disseste, é óbvio que é o mesmo canal em todas, mas sempre dá para estar no quarto ou na cozinha a ver o mesmo que outra pessoa está a ver na sala. Dá jeito também quando chega a hora de jantar e temos que sair de ao pé da nossa box!!…

  4. Salvador says:

    Em minha casa tenho apenas uma MeoBox, no entanto consigo distribuir o canal por todas a TV’s… Como disseste, é óbvio que é o mesmo canal em todas, mas sempre dá para estar no quarto ou na cozinha a ver o mesmo que outra pessoa está a ver na sala. Dá jeito também quando chega a hora de jantar e temos que sair de ao pé da nossa box!!…

  5. Pingback: O Meo e o Voip | planetasoares.com

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>